Vacina contra o Rotavírus: Mocinha ou Vilã?

rotavírus
Dia desses ao telefonar para uma amiga para saber como estava sua bbzinha, ela me respondeu: “Um pouco enjoada, é q hj demos a primeira dose da vacina contra o rotavírus.” Pelo telefone fiquei estática, murmurei algo como “hahãn… sei… puxa…” e despedi-me estimando melhoras. Por dentro eu quis dar uma voadora nela, salvar a bb e voar por aí com a minha capa de super mãe (sim, eu sou bastante criativa). No entanto, o q fiz foi sentar meu traseiro aqui, buscar alguns textos sobre a (bem?)dita vacina e enviar pra ela.  Afinal, a amiga em questão é pessoa inteligente e capaz de decidir o melhor para a própria filha, mesmo q isso bata de frente com a minha opinião.

Acontece q, lendo e buscando artigos na rede, eu descobri coisas de admirar e tornei-me bem mais flexível em relação a tal vacina. Isso não significa q eu tenha me arrependido de não ter vacinado o Joãozinho, mas q reconheço q sim, a fulana vacina tem lá seu mérito e uma certa dose de defeitos, como quase tudo na vida.

Bem, pra início de conversa, o Rotavírus é uma doença viral que segundo o Dr. Dráuzio Varella  é  “transmitido por via fecal-oral, pelo contato direto entre as pessoas, por utensílios, brinquedos, água e alimentos contaminados”. O rotavírus pode causar diarréia grave, frequentemente acompanhada de febre e vômito. “A doença apresenta curto período de incubação, com início abrupto, vômitos em mais de 50% dos casos, febre alta e diarréia profusa” (Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-89102006000200026&script=sci_arttext) Essas informações básicas muita gente conhece. O que a maioria não sabe é se vale, ou não, a pena administrar a vacina no filho para protegê-lo do Rotavírus.

O caminho mais curto para essa proteção, com certeza, é vaciná-l0. No entanto é preciso saber  que vacinar NÃO GARANTE 100% de proteção. Isso pq não existe apenas um tipo de rotavírus, não… Os danados estão mais para uma turma de amigos (da onça) q fica por aí tentando pegar vc ou seu filhote na hora da saída!  Atualmente existem duas vacinas disponíveis no mercado (nacional ou internacional): Rotarix e Rotateq. A vacina disponibilizada nos postos de saúde brasileiros é a Rotarix monovalente, o q significa q ela protege apenas de uma cepa do vírus. Nas clínicas particulares é possível encontrar a Rotateq, pentavalente, q protege contra 5 sorotipos. Sendo assim, em tese, seria melhor pagar para q seu filhote recebesse a Rotateq. Certo? Não… Explico.

Imagine que nos postos de saúde brasileiros esteja disponível um repelente contra mosquitos comuns e nas farmácias, a peso de ouro, vendam um repelente contra 5 tipos de mosquitos diferentes. Teoricamente seria melhor, passar o repelente da farmácia, né? Mas e se vc descobrisse q na região q vc mora os outros 4 tipos de mosquitos são praticamente inexistentes? Ou melhor, e se vc descobrisse q o repelente do posto tb espanta esses outros mosquitos raros, mesmo q não tenha sido elaborado para este fim?

Com as vacinas contra Rotavírus acontece mais ou menos o mesmo que no meu exemplo hipotético dos repelentes. Segundo BERNSTEIN, em artigo publicado aqui, em 2007, a Rotarix, demonstrou eficácia de 70% para proteção contra qualquer gastroenterite por rotavírus. Enquanto isso a Rotateq demonstrou eficácia de cerca de 74%, de acordo com documento publicado pela EMA – Agênia Europeia de Medicamentos (Fonte: http://goo.gl/gDOKO). Ou seja, SE eu hj fosse vacinar meu filho optaria pela Rotarix, já que é distribuida gratuitamente e PARECE perder por pouco para a Rotateq. Digo parece pq verdade científica é assim. Esses são os últimos dados q eu encontrei, o q não garante que amanhã saia um novo estudo q desminta tudo q eu postei aqui hj!

Se vc ainda está confuso, conhecer as reações adversas de tais vacinas TALVEZ possa ajudá-lo a se decidir: Rotarix? Rotateq? Nenhuma das duas…
– Segundo outro documento da EMA, a Rotarix pode causar diarreia, dor abdominal, flatulência, dermatites e irritabilidade. Sendo diarreia e irritabilidade classificadas como reações FREQUENTES, q quer dizer q mais de 1 criança em cada 100 vacinadas apresentaram tais sintomas.
– Já a Rotateq, de acordo com o 1o documento da EMA que mencionei, pode causar infecção respiratória superior, nasofaringite, otite média, broncoespasmo, diarreia, vômitos, dor abdominal superior, invaginação intestinal, erupção cutânea, urticária, febre. Vale ressaltar que diarreia, vômitos e febre são reações classificadas como MUITO FREQUENTES, ou seja: 1 ou mais crianças a cada 10 apresentam tais sintomas. Infecção respiratória superior é classificada como FREQUENTE, 1 ou mais crianças a cada 100 apresentam tal reação. A temida invaginação intestinal ou intussuscepção (sugiro q vc não veja as imagens do Google) é considerada uma reação RARA, 1 ou mais crianças a cada 10.000 são premiadas. (A invaginação intestinal era uma reação que ocorria com maior frequência quando a vacina utilizada para prevenir o Rotavírus era uma tal de Rotashield, fora do mercado desde 1999.)

Apesar de eu não ter encontrado pesquisas q sustentem os casos de invaginação intestinal como reação à Rotarix, o Dr. Silas A. Rosa, Professor de Pediatria das Faculdades São Lucas e Fimca e representante da SBIm (Sociedade Brasileira de Imunizaçaões) em Rondônia, afirma que “Depois da introdução da vacina rotarix no Brasil, foi feita uma avaliação da ocorrência de intussuscepção entre os vacinados e observou-se uma discretíssima elevação da ocorrência nos sete dias após a segunda dose. Esta elevação é tão pequena que fica muito aquém dos benefícios da vacina, numa análise de custo e benefício.” (Fonte: http://goo.gl/UyJo9)

Bem, se olharmos atentamente o que diz os documentos citados seria melhor aplicar a Roatrix, de acordo? Além da Rotateq apresentar mais reações adversas descritas ainda há o agravante de serem necessárias 3 doses, enquanto a Rotarix são apenas 2 doses. No entanto há coisas q as estatísticas não dizem…  As estatísticas não veem Pedro e nem João, veem o conjunto das crianças brasileiras. No entanto vc, mãe, vê seu filho e se uma reação cascuda acontece bem na sua casa, seu mundo desaba. No blog da Di Grávida ela relata as cólicas medonhas q sua bb passou a sentir depois da afamada vacina. Contudo,  na minha opinião, o melhor são os 142 comentários que seguem, uma verdadeira coleção de relatos de casos que nas estatísiticas são transformados em números frios. São casos de diarreia que duram muuuuitos dias, de bebês q se contorcem de dor, de fezes com sangue, de pediatras q mandam fazer ultrassom nos bebês pra checar se a criança não tem alguma outra coisa, bb encaminhado pra infectologista pq as reações da vacina não cessam, casos de invaginação… Lastimo q a maioria esmagadora dos relatos não informem se a criança tomou Rotarix ou Rotateq, mas SUPONHO q a maioria seja relatos de reação a Rotarix, já q muita gente desconhece que há dois tipos de vacina.

“E agora José? (…) José, para onde?”  Bem, depois de ler esse tantão de informação sobre as vacinas vou lhes dizer algo surpreendente: apesar dos relatos de reações macabras, a vacinação em massa é uma boa iniciativa. Segundo dados da Fiocruz:
o rotavírus é responsável pela morte de cerca de 600 mil crianças por ano em todo o mundo[dados de 2005?], apesar do tratamento bastante simples, baseado na reidratação do paciente. (…) Irene Araújo, bióloga que trabalha no Laboratório de Referência Regional para Rotaviroses da Fiocruz, explica que a preocupação é maior quando se trata de crianças carentes: “Muitas acabam morrendo devido à falta de informação dos pais sobre a doença e à dificuldade de acesso a atendimento médico”, lamenta.”
Sendo assim a vacina contra o Rotavírus é uma iniciativa de saúde pública. Se nossas crianças estão morrendo e há uma vacian q impede tais mortes, vamos aplicá-la em larga escala.

Isso não quer dizer q eu esteja aconselhando Maria ou Helena a aplicar a vacina em seus rebentos, viu? Estou defendendo a vacinação como uma política de saúde pública, apesar de ser fácil de prevenir e fácil de tratar. Sabe por quê??? Porque para se prevenir e para tratar é preciso EDUCAÇÃO!  Seria necessário investir seriamente em educação durante anos e disponibilizar bom atendimento médico ao alcance de todos para combater o Rotavírus sem vacinação. Num cenário ideal a vacina poderia ser dispensada, mas não vivemos no cenário ideal. Aqui em casa mesmo, esse ano, eu tive duas empregadas que bebiam água da bica. Mesmo q eu explicasse todos os malefícios de beber aquela água elas não me davam ouvidos, achavam q essa história de beber água mineral é frescura de rico. Diziam algo como “eu nasci assim, eu cresci assim, eu sou mesmo assim, vou ser sempre assim…” no melhor estilo síndrome de Gabriela. Ou seja, para uma população carente de saneamento básico, carente de educação, sem acesso a postos de saúde  – VACINA!

Se vc decidir não aplicar a vacina contra o Rotavírus em seun pimpolho é bom estar ciente das maneiras de evitar que ele contraia a doença. Vamos relembrar: o rotavírus é uma doença de transmissão fecal-oral. De q forma pode-se evitá-la? Com higiene!!!
– Vc lava as mãos depois de usar o banheiro?
– Vc lava as mãos antes das refeições?
– Vc escalda os utensílios do bb?
– Na sua casa tem água mineral, filtrada ou fervida para beber?
– Vc lava as mãos depois de trocar as fraldas do seu neném?
– Legumes e verduras são lavados com cuidado e atenção? (Melhor ainda é deixar de molho em solução desinfetante)

Para os bebês a recomendação super – ultra – blaster – fundamental é… PEITO! “A análise do leite humano de mulheres não vacinadas contra o rotavírus identificou a presença de anticorpos no leite materno que podem proteger os bebês contra as doenças diarréicas provocadas pelo vírus”, resume a pediatra Virgínia Spinola Quintal, coordenadora do Banco de Leite Humano do Hospital Universitário da USP. (Fonte: Fiocruz de novo! ) Ou seja, o peito além dos 1001 benefícios para o bebê ainda protege do Rotavírus. É bem verdade que não garante 100% de proteção, mas a vacina tb não garante, lembra? Rotarix – 70% de proteção contra qualquer rotavirose e Rotateq – 74%.

Se mesmo com todos os cuidados seu filho for pego pelo danado do Rotavírus o tratamento é: reidratação; peito, soro caseiro ou aquele de farmácia tipo Rehidrat , em casos extremos –  soro na veia.

Eu não vacinei o Joãozinho, mas não vacinei pq amamento até hj (1 ano e 10 meses), ele não foi pra creche,  não chupa chupeta, só bebemos água tratada, é cuidado basicamente por mim e pelo pai (posso garantir a que sou uma pessoa limpinha e tanto eu quanto o pai lavamos a mão depois de usar o banheiro!)…  Pra completar aqui em casa tomamos outra medida preventiva: ninguém pisa de sapato da rua dentro de casa. Assim aquele brinquedo q vai do chão pra boca corre menos riscos de ser letal! Se mesmo assim ele pegasse a doença ou venha a pegar, acho q nós daríamos conta de tratá-lo. No final das contas eu não aconselho nem Rotarix e nem Rotateq, mas tampouco as desaconselho. Quem pariu Mateus q o embale e assuma as responsabilidades de vacinar ou não o filho! Passo a bola, é com vc!

Anúncios

61 opiniões sobre “Vacina contra o Rotavírus: Mocinha ou Vilã?

  1. mto bom o texto… minha filha teve reação a primeira dose, e optei por nao dar a segunda dose… e sou da mesma opinião q vc, se ela vier a pegar rotavirus acredito q darei conta de cuidar

  2. Meu filho tomou todas as doses da vacina Rotavírus.(Não me lembro se foi particular ou do posto.)
    Ele teve Rotavírus e passou 10 dias internado.. enfim, independente de onde tomou.. não adiantou nada mesmo..

  3. Muitas crianças desenvolvem alergia a leite de vaca após a vacinação, por aumentar a permeabilidade das paredes intestinais. E as que já são alérgicas não devem tomar de jeito nenhum, os efeitos costumam ser catastróficos.

  4. minha filha tomou a 1 dose faz 1 semana, está com diarreia e ontem vi um ponto de sangue no coco dela, chora mto de colicas, não sei mais o que fazer, quando essas reações vão passar? ela chora o dia todo, estou desesperada!!!
    quanto tempo depois o bebê de vcs voltou ao normal? me ajudem por favor, não aguento mais ver minha bebê chorar

    • Karla, eu não dei essa vacina no meu filho. Vc já ligou para o pediatra? Há relatos de crianças q choram por cerca de 40 dias, mas eu espero SINCERAMENTE q não seja o caso da sua bb. 😦

    • Karla, eu recomendaria uma visita à comunidade Meu filho é alérgico a leite, no Facebook, pois temos lá alguns relatos de sensibilização alérgica pela vacina. Mesmo se não for esse o caso, você será ajudada a melhorar essa fase.

    • Meu bebe ficou 15 dias com diarréia, isto aos 2 meses. Mas não teve vomito nem febre. Dei floratil por 3 dias (indicação medica). Agora ela está com 4 meses e estou com medo de ter reação novamente.

      • É, Daniela. Sei como é difícil essa decisão… Como eu disse no texto, EU optei por não dar a vacina, mas cada caso é um caso. Quem cuida do seu bb? Ele vai pra creche? Tudo isso pesa na hora de tomar uma decisão consciente. Boa sorte!

      • Pois é… Eu cuido dela sozinha e, cuidarei até os 5 meses. A partir daí, Ela irá para um berçário. Ai que aperto no coração! Bom, acabei dando a vacina neste fim de semana na rede particular… Por enquanto ela está bem, apesar que na primeira dose as reações apareceram após 1 semana. Tomara que dê td certo e ela fique bem! Obrigada!

  5. oi Danibessa, obrigada por responder, levei ela no Pronto Socorro a médica disse pra ficar observando se sai sangue de novo, se sair pra fazer ultrassom, estou observando o comportamento dela, espero que passe logo essas colicas, pois minha bebê era tão quietinha antes dessa vacina! !
    não vou dar segunda dose na minha filha, ela ta sofrendo demais 😦

    mto bom seu texto, é importante que pessoas como você se manifestem para alertar as mães o que seus filhos podem sofrer!

    • Karla, aqui tb foi parecido, ela é quietinha nunca deu trabalho foi só tomar a vacina 2ª-feira e começou, só chora ela nem tinha cólica, e agora é td dia, tomara que passe logo, nao vou dar a 2ª dose. Espero que a sua melhre logo tadinha.

      • oi Giovana, sua bebê ta melhor? graças a Deus os efeitos passaram em 2 semanas, mas tbm não vou dar 2 dose, os efeitos colaterais dessa vacina são muito perigosos, prefiro não arriscar mais, melhoras pra sua bebê 😉

  6. Estou com muito medo, faz uma semana que meu bb tomou a vacina, deu febre no primeiro dia, e agora faz bastante coco, e não para de chorar, estou desesperada, não sei mais o que faço!!!

  7. Gostei muito do texto, hoje vamos vacinar Joãozinho ele faz 2 meses hoje, ai minha cunhada estuda q enfermagem, disse que a coordenador do curso, durante a aula falou que no posto onde ela trabalhava tiveram dois casos de crianças que tinham morrido por conta da vacina e que a própria não vacinou os 3 filhos com ela, e que tinha muitos casos de morte e de problemas sérios, mas que não eram divulgados pelo governo e nem pela imprensa. E que o governo não se responsabiliza, ele, governo, informa as reações adversas, e é como vc disse, com os devidos cuidados a criança fica boa.

  8. Eu dei a primeira dose e ele passou bem mas estou com medo de dar a segunda…acho q não vou dar pois sou eu quem cuido dele e estou com medo, muito medo mesmo…

  9. Gente muito bom saber mais sobre a vacina, eu tenho dois filhos um de 8 anos e outro de 5 meses, no meu primeiro filho não tinha disponivel essa vacina e agora eu não dei a vacina ao meu segundo tbm estava preocupada mais acho q optei pela melhor escolha bjs

  10. Muito esclarecedor e democrático este texto,parabéns!Se estou aqui a comentar,é pq neste exato momento estou sentada,com uma dor latejante nas costas,pelo esforço em segurar minha peq. Analice de dois meses,no melhor estilo “mamãe cangurú”.O q para alguns é uma estatística distante,para mim é uma dor dilacerante em meu peito,sentimento de impotência e raiva por ver minha Ana acordando de sobressalto,assustada,olhos arregalados e choro entalado,corpinho rijo,para depois de uns quatro segundos soltar seu grito de dor,q vai diminuindo em meio ao meu carinho,massagens e lágrimas,em meio a palavras de alento,nas quais prometo,(confiando em Deus) de que “Vai passar…” Ela está neste sofrimento,com estes espasmos abdominais desde mais ou menos uma 13:30hrs. Eu,meu marido e meus filhos,todos nós já choramos com ela durante este período. 😦 Agora estou cuidando do “turno-plantão” da noite.Tenho fé de logo este pesadelo irá passar. A segunda dose desta vacina MALDITA? JAMAIS!!! Obrigada pelo texto

  11. Ótimo texto….obrigada por esclarecer, em parte, minhas duvidas, pois após ler o blog di gravida fiquei arrependida de ter dado a vacina em meu filho…pois após 15 dias da 2 dose ele ainda continua com as fezes bem moles (mas ele teve apenas essa reação). Depois de ter lido seu texto, acho que fiquei mais calma, pois foi bem esclarecedor!!!!
    Fernanda.

  12. Gostaria de saber se alguem de vcs teve o bebe vacinado antes das 6 semanas recomendadas. Meu bebe foi vacinado com 4 semanas..e to mto preocupada, ele ta com mt colica e intestino preso

  13. Estou muito arrependida de ter dado a primeira dose! Meu bebê tem feito carinha de dor e apertado muito o músculo da barriguinha! Estou morrendo de dó e preocupada pensando em quanto tempo irá durar……. Existe uma média de dias? Muito obrigada pelas informações!

  14. Meninas, ESSA VACINA MALDITA ACABOU COM A SAÚDE DO MEU BEBÊ, ele nunca mais foi o mesmo. Há 2 meses ele não mama nada ou quase nada, tudo começou depois da primeira dose da vacina contra o rotavírus. Ele não teve febre, nem diarreia, mas passou a recusar a mamadeira e a recusa só foi aumentando. Fez tratamento por 2 meses para alergia a proteína do leite de vaca e nada de melhoras. Já levei em mais de 9 especialistas e ninguém me dá um diagnóstico. Agora voltei a dar o leite normal, não teve reações alérgicas mas não quer mamar. Ele recusa tudo que se dá pela boca, tentei papinhas, nada…só aceita suco de frutas. Ele precisou ficar internado e há 3 semanas ele está com uma sonda nasogástrica para se alimentar! Para mim é o fim da picada! Meu bebê era um glutão, mamava sem parar e ganhava peso super rápido, depois da vacina ele simplesmente não ganhou mais nada! Ficou 2 meses com o mesmo peso e só voltou a ganhar depois da colocação da sonda. Ficou 2 meses com baixo peso e já ganhou 1.600g com a sonda mas ainda precisa ganhar 1kg para ficar com o pesinho ideal. POR FAVOR, NÃO VACINE SEU FILHO CONTRA O ROTAVÍRUS!

    • Lamento muito, Geanine. Espero sinceramente q ele se recupere plenamente. Espero q outras pessoas leiam o seu relato e possam pensar duas vezes antes de ministrarem a vacina em seus pequenos. Grande abraço,
      Dani.

    • Geanine, se a criança desenvolve APLV, dois meses de tratamento não dão para nada. Infelizmente, o tempo é longo e o único tratamento eficaz é a dieta perfeitamente bem feita e livre de traços de leite. Vale tentar, a recusa alimentar é um dos sintomas. Se você estiver em São Paulo e região, recomendo que procure a gastropediatra Marisa Laranjeira.

      Converse com o pessoal do grupo Meu filho é alérgico a leite (no Facebook), tenho duas filhas curadas graças ao apoio do pessoal de lá.

      Abraços

  15. minha bb tb fez reação alergica ao leite de vaca apos receber a primeira dose da vacina ! estamos na dieta a 5 meses os sintomas dela sao gastr..mt muco e sangue nas fezes ..graças a Deus pior passou ela esta otima comecamos a dieta quqndo ela.tinha 4 meses..hj esta c 8 meses a gastro podemos pensar na inclusao do leite quando ela completar 1ano!! obs ela n tomou a 2 dose!!

  16. Pingback: Vacina contra Rotavírus : A Nossa Experiência | Nosso Primeiro Bebê

  17. Nossa, lendo tudo isso só sustento minha raiva!!!
    Dei dia 22 a vacina em meu filho, que engordava 45 g por dia, mamava dia e noite, muito! Já no dia em que tomou essa porcaria teve diarreia, e esta assim há 4 dias… Segundo o pediatra leva até 1 semana, mas não sei se volta ao normal! E não está mamando direito… Aliás, estou com os peitos quase empedrando, tirando com a bomba, pois ele deixou de mamar como antes!!!!
    Deu forte cólicas, ele chora as vezes de tanta dor, e não era de chorar, nem ter nada disso!
    A diarreia apresenta um muco, algo bem estranho, mas sem sangue, porém, vejo que não era assim e me arrependo de ter dado essa @#$%!!!
    Que governo é esse que enfia 4 vacina num dia só, em um bebê de 2 meses, e ainda uma vacina tão complicada? Quer evitar o rotavirus? Faça prevenção, eduque, explique, como campanhas para dengue! ESTOU ARREPENDIDA, NÃO VOU DAR A SEGUNDA DOSE, E REZO PRO BEBÊ AQUI VOLTAR AO NORMAL!!
    😦
    Vontade de fuzilar um!!!

  18. Vacinei minha princesa contra o rotavirus do posto e graças a Deus não aconteceu nada.. mas fui a uma consulta pediátrica levar ela, e a Dr○ dela tem uma clínica de vacinação conveniada com o consultório dela, e tinha me aconselhado a dar a rotateq e disse que nao teria problema algum se eu desse, confesso que pensei em dar, estava até olhando preços, mas depois de ver os relatos, prefiro que fique por assim mesmo, já que ela esta vacinada pra que vou querer arrumar problemas?! Agradeço à vocês por terem escrito seus relatos!

  19. Eu tbm não vacinei a Sarah devido muito relatos de reações de gente próxima o que faz as minhas estatísticas serem bem diferentes dos números oficiais, 2 pessoas que eu conheço os bebes tiveram a terrível doença mesmo apos a vacina e suas temíveis reações, outras tiveram reações de moderadas ate uma amiga que teve seu bebe levado a u.t.i por conta da vacina….bom for fim resolvi não dar, ai a enfermeira do posto de saúde escreveu bem grande no espaço onde estaria a data e os dados da vacina “a mae não quis fazer”, gostaria de saber se ha algum problema nisso, algumas empresas pedem a carteira de vacinação na contratação, sera que isso pode dar algum problema? Bjos muito legal suas informações!

    • Samara, quanto a empresas eu não sei, mas sei q dependendo da escola vc pode ser chamada a dar explicações. Nessas horas é legal ter um homeopata q apoie a sua conduta e possa dar uma declaração de saúde para lhe dar suporte. Bjo

  20. Ah as duas crianças que eu conheço que tiveram rotavírus foram tratadas e estão bem, com ctz a doença eh bem mais fácil de ser tratada do que a reações da vacina!

  21. Vacinei minha filha em 18/07, uma sexta-feira. Ela ficou com febre baixa no final de semana e na semana seguinte começou com uma cólica terrível. Chorava dia e noite. Na sexta seguinte começou com uma diarréia que durou 10 dias e muito choro junto por conta dos espasmos abdominais. Ficou magrinha e eu desesperada. Fui parar duas vezes na emergência com ela e só o que me diziam era que tinha que esperar passar. Terrível! Hoje em 21/08 posso dizer que estou passando a segunda semana mais tranquila com ela mas de vez em quando ainda tem alguns espasmos, contrai todo o corpo e chora. Segunda dose nem pensar.

  22. Boa noite,
    Sinto a necessidade de falar aos 4 cantos as reações dessa vacina, a G1p1 da Glaxo dada nas UBS. Após 2 dias da vacina, meu pequeno com 2 meses e 20 dias; iniciou irritabilidade, regurgitação frequente, uma tosse seca estranha; na terceira noite coco com muco e sangue nas fezes. Preocupada li a respeito das reações. Já pela manha fomos a pediatra, fizemos um US que não mostrou invaginação, mas sim espessamento das alças intestinais. A pediatra concluiu que deve ter tido redução espontanea da invaginação; o problema é que após 2 dias melhorando hoje a noite ele se recontorceu (se estica) e chorando muito voltou a ter sangue nas fezes….agora estou eu aqui lendo e relendo sobre o tema; examinando a barriguinha dele, preocupada se precisará correr no pronto-socorro…inferno!

  23. Ola!!!meu bebê tomou essa merda dessa vacina. Elee tem 2 meses e hj ja faz 10 dias que ele esta com diarreia. Eu ja falei com a dt dele e ela fala que e so pra pra da peito. Eu nao aguento mais ver meu anjinho desse jeito tem remedio repoflor. Estou quase dando a ele. O por que que nao pode corta essa diarreia ? Me ajudem pois ele nao esta com febre e nem vomitando e so essa Diarreia mesmo

    • Bruninha, como estão vc e o bb? Desculpe não responder antes. Estava sem internet, mudei-me de casa recentemente. Consegui aprovar o comentário pelo celular, mas não conseguia responder. Dê notícias!

  24. Gente, eu vacinei a minha bebê em uma clínica particular, a pentavalente. A 1a dose da vacina ela tomou em 12/08. No dia 03/09 (22 dias depois) ela fez cocô bem mais líquido como o de costume e com rajadas de sangue. A pediatra diagnosticou como uma infecção intestinal viral (já que a vacina é com o vírus vivo) e havia me pedido para suspender o consumo de leite e derivados. Depois, a pediatra pediu para que eu voltasse a consumir leite e derivados e fizemos exames para tentar localizar sangue novamente nas fezes dela. Graças a Deus deu negativo.
    Em 14/10, ela tomou a 2a dose da vacina. Em 26/11 (42 dias depois) minha bebê apresentou um quadro pior que o da primeira vez, evacuou 5 vezes no dia e nas últimas fezes apareceram rajadas de sangue. A pediatra pediu novamente para suspender o consumo de leite e derivados e suspeita de outra infecção viral.
    São tantas informações que vemos na internet que me deixa com bastante dúvidas em relação à terceira dose…
    Queria muito ler relatos de pessoas que deram a vacina em uma clínica particular.

    • Flor, parabéns pelo texto e obrigada pelos esclarecimentos.
      Sou mãe de primeira viagem e lendo os relatos e o texto, optei por não dar essa vacina na minha filha de 2 meses.
      Sei que posso ter problemas e gostaria do telefone do teu homeopata para sustentar a minha decisão e começar a acompanhar a minha pequena.
      Agradeço a atenção.
      Um abraço a vocês e a todas a mamães.
      Saúde aos pimpolhos!

  25. Meu filho de 2 meses e meio também apresentoi uma forte cólica no dia que vacinou , chorou de forma que eu nunca vi por 2 horas sem parar e agora está com diarreia e extremamente irritado. SINCERAMENTE, não vou dar a outra dose e tenho 1 conhecido próximo que o bebê também teve diarréia por vários dias seguido de constipação por 10 dias. Está em tratamento até hoje por causa dessa vacina. O que me causa indignação é a falta de notificação à anvisa por parte dos profissionais médicos. E ainda a falta de esclarecimento aos pais que deveriam ser de antemão informados destas reações e decidir em vacinar ou não.

    • Não tem jeito, Cristiana, como a vacinação é uma questão de saúde pública – ninguém vai lhe avisar nada. Até pq vacinar por aqui é obrigatório. Pra nadar contra a corrente tem q ser por conta própria. 😉

  26. Olá Dani! Eu tenho um bebê de 2 meses e 2 semanas, essa semana será a semana das vacinas… Eu moro nos EUA, e estou c
    Muita dúvida, mas quase decidida a Não dar a vacina de rotavírus… Eu tenho uma pergunta… Você sabe me informar qual
    Vacina aqui é dada? A rotateq? Ou a rotarix? E outra coisa, tenho 24 anos, não sei se já davam essa vacina, ou entrou a pouco tempo no calendário de vacinação?? E sobre o homeopata, qual será a sua função? Aguardo resposta!! Muito obrigada

    • Oi Marcela. Desculpe não ter respondido antes. Tenho acessado pouco o blog, 2 filhos, muita correria.
      É fácil descobrir se a Rotarix ou Rotateq q é ministrada aí. As vacinas contra o rotavírus são administradas oralmente e contêm estirpes deste vírus, vivo, (embora atenuado). São elas a Rotarix (administrada em 2 doses com intervalo de 4 semanas, primeira dose apartir das 6 semanas de vida) e a RotaTeq (administrada em 3 doses em intervalos de 4-10 semanas, primeira dose até às 12 semanas de vida).
      Basta perguntar no posto de vacinação quantas doses serão necessárias. 2 – Rotarix. 3 – Rotateq.
      ACHO ACHO ACHO rs q ela está em vigor desde 1999. Ou seja, vc e eu não tomamos quando crianças.
      Um homeopata pode lhe dar um atestado de que seu filho não deve ou não pode tomar a vacina X ou Y e q no lugar dela vcs fazem um tratamento alternativo com o respaldo dele. Difícil é achar esse profissional… anda bem escasso.
      Bjo

  27. Boa noite dani. Meu filho tem um ano e tbm não apliquei a vacina. Confesso que as vezes me perguntou se fiz a coisa certa, no final leio e vejo que sim. Graças a deus meu bb não teve e nem vai ter com fé em deus, o seu já ta um rapazinho e saudavel (são lindos, parabéns), como vc mesmo disse; mantendo uma higiene da tudo certo. Muito bom o texto. Obg

    • Oi Beatriz. Agradecida pelo retorno. Q bom q o texto foi útil pra vc. Sobre a vacina, acho q o q falta é empoderamento. Falta os pais assumirem os riscos baseando—se em informações confiáveis. Falta os médicos delegarem aos pais certa decisões. Informação deve ser compartilhada, não é mesmo? Bjo em vc e no pequenino.

  28. Oi é muito esclarecedor seu texto é uma pena que só com procurá depois que deu essa maldita vacina, graças a Deus que hoje é o segundo dia após a vacina e até agora só deu febre e pensando bem ontem sei a vacina a tarde e quando foi a noite ele fez coco,não foi mole não, mas deu febre a noite inteira, hoje ele tá melhor conclusão com toda certeza não vou da a segunda dose. Obrigada.

      • Oi Dani, lendo o seu texto só me fez amargar de arrependimento..pensei mil vezes em não dar essa vacina do mal mas acabei cedendo por medo de um dia ver o meu BB adoecer por eu ser negligente..enfim, agora estou mal com o coração partido de vê lo se contorcer de dor, ele tomou a vacina a 6 dias e está com prisão de ventre uma cólica horrível que o faz chorar durante horas ( ele nunca teve cólicas), ver o rostinho dele com expressão de dor parece um castigo p mim..fui no pronto socorro e receitaram luftal e um supositório que n fizeram efeito..me pergunto o tempo todo quando que isso vai passar, vejo relatos de uma semana a 40 dias, e a maioria dos bbs tiveram diarréia, o meu é ao contrário, logo o que me restou foi orar e nada mais, só sei que ele não irá tomar a segunda dose.

  29. Vacinei minha filha com a segunda dose da vacina e 7 dias depois ela começou a apresentar vomitos e ficava apatica procuramos o pediatra e ele rapidamente a encaminhou para o hospital prara exames resultado invaginacao intestinal ela previsou de cirurgia e foi retirado aproximadamente 10 cm do intestino e um pedaço do colon 7 dias apis a cirurgia abriu e rla precisou de uma nova cirurgia foram exatamente 30 dias internada 16 na uti 20 dias com sonda sem se alimentar nem agua tudo por contz da vacina que era para ajudar e eu quase perdi ela esse mes faz 1 ano de operada e graças à Deus esta bem sem sequelas sem remedios então tomem cuidado se realmente forem vacinar observem seus bbs….

  30. Se eu soubesse não teria n cogitado dar essa vacina no meu BB, hj 8 dias de vacina dada, 1° dose. Ele teve febre no 1° e 2° dia, mas eles não falaram de outras reações. Eu nem sabia o que era invaginação, fui saber só porque estava assistindo a matéria na TV e resolvi me informar melhor e definitivamente não darei a segunda dose.

  31. Nossa adorei seu post. Nós nascemos, crescemos e não existiam tantas doenças como hj existem. São tantas vacinas. Que dó dos pimpolhos. Minha filha tomou, graças a Deus só teve febre por 2 dias. Hj tá com 9 meses, forte e mama bastante no peito. Porém que medo desse vírus surgir nela…

  32. Muito obrigada pelo texto. Estou mega em duvida de dar ou não a vacina… mas seu texto deu uma ótima base para minha decisão. Obrigada!

  33. Olá! Gostei muito do texto, bastante esclarecedor.
    Minha filha tem 2 meses e 7 dias.Ela tomou as vacinas vip/vop, penta e pneumo. A rotavirus está em falta aqui na minha cidade. Eu estava lendo sobre as reações e me deparei com muitos relatos negativos sobre a vacina e agora estou quase decidida a não dar para ela a rotavirus. Como aqui estou vendo relatos antigos, gostaria de saber como estão os filhos de vocês e se continuam com a mesma opinião.
    Obrigada!

    • Olá Roberta. Não me arrependo de não ter dado a vacina nos meus. Eles têm 6 e 3 anos e estão bem, graças a Deus. O mais velho teve um episódio de uma doença similar ao Rotavirus, mas foi uma bactéria q ele pegou brincando com uns brinquedos numa UPA, isso já faz uns 4 ou 5 anos. No mais – se eu tivesse outro filho – não daria de novo, mas isso sou eu, como todas as observações particulares q fiz no texto. Saúde e leitinho pra pequena. beijo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s