Chocolate e Criança Pequena? Nada a ver!!!

coelhinho1

Em tempo de páscoa – no qual ovos de chocolate surgem feito Gremlins em toda esquina –  o título dessa publicação pode parecer esdrúxulo e descabido. Talvez você esteja pensando que a chata aqui nunca permitirá que o filho prove um docinho sequer. Ou deve rir por dentro imaginado que já já ele se liberta dessa ditadura alimentar e vai fazer parte de uma quadrilha internacional de crianças que traficam guloseimas na escola, escondidas das respectivas mães naturebas.

É bem verdade que eu sou super zelosa com a alimentação do Joãozinho, mas engana-se quem pensa q eu vou impedir que meu filho prove algumas bobagens de vez em quando. Ou seja, tá na rua, na casa de alguém, na escola, alguém ofereceu – vai comer, se quiser. Isso é bem diferente de eu comprar e dar pra ele comer, de eu inserir tranqueiras nas refeições cotidianas.

Mas a gente veio aqui pra falar de chocolate!!! Não pode dar chocolate pra criança pequena por quê??
Até um ano o chocolate é desaconselhável pelo alto potencial alergênico, pela cafeína, pelo alto teor de gordura e pq tem açúcar! Açúcar não deve ser oferecido aos menores de um ano, lembra? Não fui eu que inventei isso, tá lá no Guia Alimentar para Crianças Brasileiras Menores de Dois Anos – um estudo feito em parceria pelo Ministério da Saúde, Organização Panamericana da Saúde e Organização Mundial da Saúde, com a participação da SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria):
“O açúcar somente deve ser usado na alimentação da criança após um ano de idade.”

O açúcar é desaconselhável na primeira infância pq vicia o paladar, altera o verdadeiro sabor dos alimentos e dificulta a educação alimentar. Ou seja: a criança q é acostumada a comer tudo adoçado tem dificuldades de apreciar sabores mais brandos e não condimentados: legumes, verduras, cereais…

Para os maiores de um aninho o chocolate tampouco está liberado, viu? A PROTESTE , baseada em orientações da OMS, não recomenda que crianças menores de três anos comam chocolate. (Fonte) O Dr. Dr. Sylvio de Barros,  pediatra pela Sociedade Brasileira de Pediatria, explica:  “Até completar dois anos de idade, desaconselha-se o uso de qualquer quantidade de chocolate, pois a criança nesta idade ainda não desenvolveu completamente a habilidade de digeri-lo, pelo fato do doce ser ele rico em gordura e açúcar. Além disso, os pequenos podem desenvolver alergia a algum de seus ingredientes, o que é comum nesta faixa etária. Depois dos três anos, o consumo do chocolate pode ser permitido, restringindo-se, porém, ao máximo de 30 gramas por dia.” Fonte: http://goo.gl/GRac2

Segundo a presidente da Federação Nacional dos Nutricionistas, Maria Terezinha Govinatzki, além do alto teor de gordura, o chocolate pode causar alergia e problemas gastrointestinais. “Depois do segundo ano, até podemos dar achocolatado em pó no leite, mas o chocolate mesmo não entra na lista de alimentos que compõem a dieta infantil”, recomenda a nutricionista. “Antes desta idade é agressivo para a saúde do bebê”, reforça. Fonte: http://goo.gl/fl0p3

Resumindo: é rico em açúcar, gorduras e  cafeína. Tem em sua composição o oxalato de cálcio e a teobromina. Pra completar: é viciante! O oxalato de cálcio é uma substância que pode vir a causar o aparecimento de cálculo renal no organismo e a teobromina tem potencial de toxicidade.

Sim, chocolate é delicioso, mas nem para adultos o consumo é liberado! A OMS recomenda o consumo de no máximo 50 gramas de chocolate por dia! Confira: http://goo.gl/vlLpp. Para crianças a recomendação não parece ser unânime… A PROTESTE afirma q um Batom Garoto já é muito até para uma criança de 10 anos (confira), mas o Dr. Sylvio de Barros parece ser um pouco mais tolerante e afirma q depois dos 3 anos uma criança poderia consumir até no máximo 30g da iguaria num dia. A nutricionista Susy Graff afirma ainda que a ingestão de chocolate é recomendada de uma a duas vezes por semana, pois o excesso pode causar aumento de colesterol e peso e trazer alguns problemas de saúde. Fonte: http://goo.gl/fl0p3

Para driblar os chocolates que seu filho porventura possa vir a ganhar, q tal telefonar para os íntimos e informar q seu filho ainda não provou a iguaria? Ou q vc não quer q ele coma chocolate demais? Eu, quando estou com pessoas menos íntimas ou quando estou com preguiça de explicar tudo q escrevi aqui hj, digo coisas simples como “se comer esse doce agora não vai almoçar/jantar” ou “eu não deixo ele comer chocolate ainda pq ele é muito ruim de boca. Já come mal sem nunca ter provado bobagem, depois q provar não vai querer comer comida nunca mais…”. Nem sempre a gente tem tempo pra defender com afinco nossos pontos de vista ou nem sempre o interlocutor vale a pena.

Talvez o seu filhote já esteja acostumado a comer chocolate e vc esteja pensando: “Agora já era…”. Mas não é bem assim… Vamos pensar por outro caminho: imagine que vc tem um filho de 15 anos. Recentemente vc descobriu que uma das diversões prediletas dele é se embebedar na casa de um colega toda vez q eles estão sozinhos por lá. E aí? Vc desistiria de tentar reverter o quadro? Ou faria de tudo para q a “brincadeira” tivesse fim? Chocolate é exatamente como a bebida alcóolica – permitidos na idade certa e com moderação!

Criar filho não é nada fácil e a responsabilidade é toda nossa!

Feliz Páscoa e boa sorte!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s