Da Singeleza do Amor Fraterno

Era cerca de 11horas e ela estava quietinha no escritório.
— Maria Flor, o q vc está fazendo? — gritei da cozinha.
Ela veio sorrateira e me confidenciou ao pé do ouvido:
— Um presente pro João. — pôs o dedo na boquinha me pedindo cumplicidade.
Na hora do almoço ela trouxe o presente: várias formas geométricas pintadinhas com cuidado e recortadas por ela com mãozinhas de aprendiz.
— João, olha o q eu fiz pra vc!!! — disse com um sorriso nos lábios, outro nos olhos e mais um no coração.
Eu, adulta encouraçada, fiquei apreensiva: achei q o menino fosse fazer pouco. 
Então ele respondeu:
— Q liiiindo, Maria! 
E seus olhos brilharam com gratidão genuína.

Maria Flor tem quase 5. 
João Miguel tem quase 8.
17/12/2018

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s