André

André nunca foi de beber. Todo mundo sabia. Só q naquele dia a rapaziada disse q ele tinha q tomar uma, afinal todo mundo tb sabia q era por isso q ele não pegava mulher. Pô, de cara limpa, chegar nas minas, ficava tímido e sempre terminava a noite sozinho.
Naquele dia ele bebeu. Mal esvaziava um copo e os amigos já faziam barulho pra ele tomar mais um. Era uma algazarra! Coisa de homem, sabe como é…
André já tava bêbado, mas só quando começou a vomitar foi q um dos caras resolveu levá— lo pra casa.
No caminho o companheiro parou o carro numa rua escura, arriou as calças do André e abusou dele.

É pro André aprender q C* de bêbado não tem dono. É pra ele se dar o respeito. Afinal, se logo depois da aula tivesse ido pra casa feito um bom rapaz isso não teria acontecido.

Tá indignado? E se a protagonista fosse Andréa?

‪#‎QueroUmDiaSemEstupro‬

Anúncios

Pelo Fim da Cultura do Estupro

16 anos.
33 caras.
Temos q falar sobre isso:
—ela não tem culpa se beber,
— ela não tem culpa se usar drogas,
— ela não tem culpa se topou ir pro motel e lá acabou mudando de ideia,
— ela não tem culpa se “já deu” pra todo mundo,
— ela não tem culpa se usa roupas provocantes,
— ela não tem culpa se sai sozinha de madrugada,
— ela não tem culpa se é garota de programa.
ELA NUNCA TEM CULPA POR SER ESTUPRADA!
‪#‎QueroUmDiaSemEstupro‬

http://oglobo.globo.com/rio/quando-acordei-tinha-33-caras-em-cima-de-mim-diz-menina-que-sofreu-estupro-coletivo-19380492

Bela, Recatada e do Lar

Bela, Recatada e do Lar.

A crítica não é a Marcela, é à revista!!! Eu me sinto totalmente a vontade pra falar do assunto pq eu hoje não trabalho fora e cuido basicamente da casa e das crias. Sou a própria bela, recatada e do lar: porque eu quero!
O q eu não quero é q esse seja o modelo da mulher brasileira. Ora, se amanhã eu quiser ser presidente, fazer um doutorado lá fora ou tomar uma no bar da esquina: eu posso! Se eu quiser botar uma saia curta, botar piercing no nariz ou jogar futebol: eu tb posso, minha filha pode, minha neta vai poder.
Se a pseudo matéria fosse sobre uma atriz, uma cantora, uma empresária q hj é “bela, recatada e do lar” não haveria essa repercussão. Mas é sobre a mulher daquele q quer ser presidente no lugar da nossa presidente. A msg é “mirem—se no exemplo daquelas mulheres de Atenas” ou deixe a política para os homens.
A crítica é à exaltação de um padrão estereotipado de mulher — à sombra de um grande homem — no momento da derrubada da “feia, terrorista, da luta”. Precisamos de mulheres de todos os tipos.
Guarde seu machismo q nós vamos passar.
Seremos do lar, do ler, da lua, da luta!
Seremos da pá virada!
Vamos dar nó em pingo d`água!
E seremos todas belas, pq vcs não mandam no padrão.
:p
‪#‎belarecatadaedolar‬
21 de abril de 2016